Caso Tatiane Spitzner: Marido é condenado a mais de 30 anos de prisão

Por Portal do Holanda

10/05/2021 19h08 — em Brasil

Foto: Reprodução

Luis Felipe Manvailer foi condenado, nesta segunda-feira (10), a 31 anos 9 meses e 18 dias, pelos crimes de homicídio com as qualificadoras de feminicídio, meio cruel e motivo fútil, além de fraude processual pela morte da esposa, Tatiane Spitzner. Ela foi encontrada morta após queda do 4º andar de um prédio, em 2018, no Paraná.

Na época, imagens de câmeras de segurança do prédio mostraram Luis Felipe agredindo Tatiane. Em seguida, ele aparece carregando a mulher no colo. Em uma outra imagem, Luis Felipe aparece no elevador limpando vestígios de sangue, segundo a Polícia Civil. Durante o julgamento, Manvailer negou o crime.

A sentença foi deferida pelo juiz Adriano Scussiatto Eyng, do TJ-PR (Tribunal de Justiça do Paraná), que também condenou o réu a pagar R$ 100 mil por danos morais à família da vítima. Na leitura da sentença, o magistrado disse que Tatiana Spitzner sofria com um relacionamento abusivo e leu troca de mensagens da vítima com as amigas aonde reclamava do relacionamento.

Antes de encerrar a sessão, o juiz citou ainda a tentativa de fuga de Luis Felipe Manvailer para o Paraguai após o crime e não concedeu o direito do réu recorrer em liberdade.

 

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil