CBF proíbe jogos do Brasileirão na Arena da Amazônia; Flamengo foi contra

Por Portal do Holanda

28/02/2020 11h14 — em Amazonas

Foto: Pedro Braga Jr. / Portal do Holanda

Manaus/AM - Em reunião na última quinta-feira (27), entre os clubes da Série A do Campeonato Brasileiro junto com a CBF, ficou definida a proibição da venda de mandos de campo para jogos na Arena da Amazônia, em Manaus, ou em outros estádios e arenas. Dos 20 clubes da primeira divisão, somente o Flamengo e mais três clubes foram contra a decisão. 

A venda dos mandos de campo só serão permitidas em casos extraordinários e por motivo de força maior. O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, explicou porque foi contra a decisão. 

“Claro que eu fui contra a proibição. Eu sou a favor de que clubes tenham livre arbítrio e façam o que quiserem com o mando de campo deles. Afinal de contas, cada clube é independente para poder fazer o que quiser. Não foi a proposta vencedora, mas acho que cada clube deve ter o direito de mandar o jogo em qualquer local”, justificou Landim. 

No Campeonato Brasileiro do ano passado foram realizados seis jogos com mandos de campos em estádios fora do Estado de origem do time mandante. Sendo quatro partidas realizadas no Mané Garrincha, em Brasília, um em Cariacica e apenas uma partida na Arena da Amazônia, entre Vasco e Corinthians, na terceira rodada. A partida terminou empatada em 1 a 1. 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas