Feira de livros do Sesc Amazonas faz homenagem a Luiz de Miranda Corrêa

Por Portal do Holanda

14/11/2019 11h47 — em Amazonas

Manaus/AM - Com o tema “Manaus e as vozes do tempo - a presença intelectual de Maximino de Miranda Corrêa”, a 34ª Feira de Livros do Serviço Social do Comércio no Amazonas (Sesc AM) será realizada entre os dias 4 e 7 de dezembro deste ano, no Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques, em Manaus.

Com uma megaestrutura e uma vasta programação, o evento reúne em um único espaço escritores, estudantes e amantes da literatura e da cultura para momentos de troca e entrega cujo foco principal é destacar a importância da leitura na vida das pessoas. São esperadas 50 mil pessoas ao longo dos 4 dias. A programação completa será disponibilizada no site da feira.

A Feira de Livros do Sesc conta com espaços destinados à literatura, venda de livros, espaços temáticos, rodas de conversa e música. Os participantes também poderão assistir apresentações de escritores nacionais e participar de sessões de autógrafos. O evento também contará com a Feira do Paço, com produtos da economia criativa. 

Escritor e historiador é homenageado 

Neste ano, o homenageado da Feira de Livros do Sesc será o escritor, historiador, jornalista, cineasta e acadêmico amazonense Luiz Maximino de Miranda Corrêa, que era membro da Academia Amazonense de Letras (AAL) desde o ano de 2003. Ele ocupava a cadeira nº 37, na sucessão de Carlos Araújo Lima. 

Maximino faleceu em julho deste ano, no entanto, seu legado e suas obras sempre serão lembradas pelos apreciadores da literatura e do audiovisual. O escritor deixou várias obras publicadas, entre elas, “A Borracha da Amazônia e a 2ª Guerra Mundial” e “Em Nome de Deus Em Nome do Rei”. 

Já na sétima artes, Luiz de Miranda Corrêa, como assinava as obras, atuou como diretor e roteirista de obras cinematográficas no Brasil e no exterior, com destaque para os filmes “A Selva”, “Como matar uma sogra” e os “Foragidos da violência”. 

O intelectual também desempenhou algumas funções públicas, entre elas a de diretor do Departamento Estadual de Turismo, diretor-superintendente da Fundação Cultural do Amazonas, membro presidente do Conselho Estadual de Cultura e outras

Fotos: Divulgação/Sesc-AM