'Muito cedo' para falar de exportação, diz Índia em meio a voo do Brasil

Por Portal do Holanda

14/01/2021 20h41 — em Brasil

 Foto: Reprodução/Ministry of External Affairs, India

Após o Brasil enviar um avião nesta quinta-feira (14) rumo à Índia, para buscar o lote de 2 milhões de doses de vacina produzidas pelo Instituto Serum, o porta-voz do país, Anurag Srivastava, afirmou que  "é muito cedo" para responder sobre as exportações dos imunizantes da Oxford/AstraZeneca produzidos na Índia.

Não ficou claro, no entanto, se Srivastava se referia também ao lote negociado com o Brasil. 

"Como você sabe, o processo de vacinação está apenas no começo na Índia. É muito cedo para dar uma resposta específica sobre o fornecimento a outros países, porque ainda estamos avaliando os prazos de produção e de entrega. Isso pode levar tempo", disse Srivastava ao ser questionado s o Brasil será o primeiro país a receber a vacina produzida na Índia, e se isso iria comprometer o plano indiano de imunização. 

De acordo com o jornal local Times of India, fontes afirmaram que a exportação será adiada por “alguns dias”, por “questões logísticas’, sem dar mais detalhes. 

Mais cedo, a aeronave teve a partida para o país estrangeiro adiada. O avião decolou nesta tarde de Campinas e está em Recife. Ela segue rumo a Mumbai somente na sexta-feira. A previsão era que os imunizantes estivessem no Brasil no sábado, mas com o adiamento, a data sofre alterações.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil