Siga o Portal do Holanda

Brasil

Putin promete a Bolsonaro acelerar derrubada de embargos à carne brasileira

Publicado

em

BRASÍLIA - Em reunião bilateral no Palácio do Planalto, nesta quinta-feira, 14, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, teria prometido ao presidente Jair Bolsonaro que enviará fiscais ao Brasil para avaliar frigoríficos e acelerar a derrubada de embargos sobre exportação de carne. 

A Rússia fez restrições à carne brasileira em 2017 por alegações de uso do aditivo ractopamina. O país começou a retirada dos embargos no final do ano passado.

Segundo fontes presentes na reunião, os presidentes não trataram da crise na Venezuela e Bolívia. Os governos do Brasil e da Rússia têm posições antagônicas sobre o tema. No caso da Venezuela, Putin apoia o presidente Nicólas Maduro e o Brasil reconhece Juan Guaidó, que se autoproclamou presidente. Em relação à Bolívia, os dois divergem em relação à instabilidade que levou à renúncia de Evo Morales. 

O governo russo teria ainda demonstrado interesse em participar de leilão sobre Angra 3. Na área de agronegócio, os russos teriam demonstrado interesse em aumentar o comércio ao Brasil de agrotóxicos. 

Putin está no Brasil desde ontem, 13, para participar da 11ª Cúpula do Brics (grupo formado por Brasil, Rússia, China, Índia e África do Sul), encerrada mais cedo. Para uma fonte do Planalto, a reunião foi positiva, pois derruba a narrativa de que o Brasil tem um alinhamento "cedo aos EUA".

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM), confirmou a Putin que irá à Moscou na próxima semana. O presidente russo pediu que a agenda do ministro, a princípio de um dia e meio, seja estendida para que ele participar de evento do governo local. 

Putin e Bolsonaro conversaram por cerca de 40 minutos. O presidente russo chegou 45 minutos atrasado à reunião. Antes, ele estava em entrevista coletiva à imprensa russa. Segundo uma pessoa presente na reunião, a comunicação entre os governos foi dificultada pela tradução simultânea.

Em nota, o Planalto afirmou que a reunião tratou sobre "a remoção de entraves ao comércio de produtos do setor agropecuário e a diversificação da pauta comercial". O lado russo demonstrou interesse em novos aportes no setor de energia, afirmou o governo brasileiro. "Ambos os lados reforçaram sua disposição de aprofundar o intercâmbio em áreas como geolocalização, tecnologia espacial e biotecnologia", afirma nota do Planalto. 

Gente armada causa pânico em boate de Manaus

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.