Siga o Portal do Holanda

Brasil

Jornal Nacional desmente Bolsonaro sobre diretor da OMS e assinatura de auxílio de R$ 600; confira

Publicado

em

Foto: Reprodução/Globo Foto: Reprodução/Globo
Foto: Reprodução/Globo

Fidelidade e filhos durante o confinamento


Na edição da noite desta terça-feira (31), o Jornal Nacional desmentiu o presidente Jair Bolsonaro após ele distorcer, na manhã de hoje, a fala do diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom, dando a entender que a entidade internacional estaria defendendo o retorno ao trabalho em meio à pandemia do coronavírus  - o que já foi desmentido pela própria OMS e por Adhanom, via Twitter.

Mais cedo, o presidente da república usou somente um trecho do que disse o diretor da OMS, para dar força ao seu discurso de que os trabalhadores não essenciais devem voltar às ruas, contrariando as medidas de isolamento social para tentar frear a pandemia. Na verdade, como o próprio Tedros Adhanom explicou, o seu discurso sobre trabalhadores autônomos era no intuito de que os governos de cada país assumissem a responsabilidade de auxiliar quem precisará ficar em casa durante a pandemia, e não que essas pessoas saíssem de casa.

 




 

Em pronunciamento nesta terça-feira (31) Bolsonaro baixou o tom sobre o coronavírus que antes minimizou, chamando de "gripezinha",  e afirmou que é o "maior desafio da nossa geração". O presidente, no entanto, continuou a focar no desemprego. Ele falou também sobre o auxílio emergencial para famílias mais pobres  - auxílio este que já foi aprovado pelo Senado e agora só precisa de sua sanção para ser liberado. 

No Jornal Nacional, ainda foi reiterado que até esta terça-feira (31) Jair Bolsonaro ainda não assinou o documento, que já poderia ter sido sancionado em caráter de urgência pela necessidade que os brasileiros estão passando para poder cumprir as orientações de ficar em casa, evitando a dissipação do vírus.

 




Já leu estas ?

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.