Amazonas espera normalizar abastecimento do oxigênio neste sábado

Por Portal do Holanda

16/01/2021 14h55 — em Amazonas

Foto: Reprodução/Instagram

Depois de receber doações de oxigênio de outros estados, da iniciativa privada, de famosos, além de ter sido autorizado a buscar oxigênio na Venezuela, o Amazonas pode ter uma retomada no equilíbrio do abastecimento da rede de saúde nos próximos dias.

O Amazonas recebeu de Belém, do Pará uma grande   carga de oxigênio na madrugada deste sábado (16). “Recebemos nesta madrugada a carga de 70 mil metros cúbicos da maior fornecedora de oxigênio do Estado (White Martins), e começamos a restabelecer a normalidade da nossa rede estadual de saúde. Algumas dessas carretas já saíram daqui direto para as unidades para fazer esse abastecimento”, afirmou o governador Wilson Lima. 

A White Martins também confirmou ontem (15) que iria buscar oxigênio na Venezuela, após o governador Wilson Lima pedir socorro aos demais países, e o presidente Nicolás Maduro atender ao pedido.  A empresa realiza operações por vias fluvial e aérea, com o governo do Amazonas e as forças armadas, para trazer oxigênio de fábricas localizadas em outros estados, e colocou à disposição das autoridades 32 tanques móveis, que estão em São Paulo, aguardando o transporte para Manaus.

A FAB (Força Aérea Brasileira) vem prestando apoio no transporte das cargas de oxigênio. Pela dificuldade logística, muitos famosos que tentam doar cilindros ao Estado, acabam tendo os planos frustrados.

“A maneira mais rápida de chegar aqui é de avião. Mas as únicas aeronaves que podem fazer isso são da Força Aérea Brasileira. E mesmo assim, ainda trazem uma quantidade pouca em razão da alta complexidade e do risco que é esse produto”, disse o Wilson Lima.

Responsabilização

De acordo com o Estadão, o governo do Amazonas já sabia pelo menos desde o dia 23 de novembro que o oxigênio hospitalar disponível na rede de saúde seria insuficiente para atender a alta na demanda. Em dezembro, o governador Wilson Lima revogou o próprio decreto que fechava o comércio, após uma manifestação de empresários. A Justiça precisou intervir para fechar o comércio mais uma vez, e no dia 14 de janeiro, com os hospitais em colapso total sem oxigênio e sem leitos, Wilson Lima decretou toque de recolher.

Formalmente, tanto a Secretaria de Saúde do Amazonas quanto o Governo Federal foram avisados uma semana antes do colapso que ocasionou a morte por asfixia de muitos pacientes.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas