A caminho do STF, Sara Winter xinga Moraes em novo vídeo após fortes ameaças

Por Portal do Holanda

27/05/2020 17h51 — em Brasil

Um dos alvos da operação que investiga um esquema criminoso de fake news, Sara Winter voltou a xingar o ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, na tarde desta quarta-feira (27), após ser surpreendida em sua casa com a Polícia Federal, que cumpriu mandado de busca e apreensão, levando seu celular e notebook.

No novo vídeo, a ativista bolsonarista afirma que está indo para a frente do STF se manifestar. 'Tô descendo agora pro STF. Esse Alexandre de Moraes acha que vai me calar? Ele é um covarde, um safado, um pilantra. Pois eu tô indo lá agora me manifestar. Se você é de Brasília desce agora lá pra fazer a tua parte, pra acabar com essa ditadura aí desses folgado [sic].".

Pela manhã, Sara publicou um vídeo fazendo ameaças ao ministro da Suprema Corte: "Pena que ele mora em São Paulo porque se tivesse aqui eu já tava na porta da casa dele convidando ele pra trocar soco comigo. Juro por Deus. Eu queria trocar soco pra esse f**** da p*** desse arrombado. Você mora lá em São Paulo né? Pois você me aguarde, Alexandre de Moraes, o senhor nunca mais vai ter paz na vida do senhor. A gente vai infernizar a tua vida. A gente vai descobrir os lugares que o senhor frequenta. A gente vai descobrir quem são as empregadas domésticas que trabalham com o senhor.  A gente vai descobrir tudo da sua vida até o senhor pedir pra sair. Hoje o senhor tomou a pior decisão da vida do senhor.".

Sara Winter ficou conhecida por fundar uma 'filial' do Femen Brasil, de mulheres que protestavam de topless, e depois se voltar para o conservadorismo, fazendo campanha para Jair Bolsonaro. Atualmente, ela é líder do acampamento "300 do Brasil".