Compartilhe este texto

Jornalista de 34 anos que estava desaparecida é achada morta em rio em MG

Por Folha de São Paulo

09/12/2023 9h30 — em
Variedades



SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O corpo da jornalista Natália Araújo Santos, de 34 anos, foi encontrado no rio Arrudas, no bairro Granja de Freitas, na zona leste de Belo Horizonte, nesta sexta-feira (8). A mulher estava desaparecida desde a madrugada de quarta-feira (6).

Policiais militares foram acionados para uma ocorrência de encontro de um corpo. Chegando no local, foi avistado o corpo da vítima, já sem vida, na superfície do rio, sendo necessário o acionamento do Corpo de Bombeiros para a retirada.

O documento de identidade da jornalista estava entre os pertences achados durante o resgate do corpo. Um perito criminal compareceu ao local para dar início à perícia.

Inicialmente, segundo a reportagem apurou, não foi possível visualizar ferimentos no corpo, que já estava em estado inicial de putrefação. O veículo de remoção de cadáver foi acionado. A família de Natália foi acionada para fazer o reconhecimento do corpo no IML (Instituto Médico Legal), informou o jornal O Tempo.

A reportagem tenta contato com a Polícia Civil de Minas Gerais.

A família de Natália registrou o desaparecimento dela na Polícia Civil na quinta-feira (7). A corporação chegou a divulgar um cartaz com a foto da jornalista e pediu para quem tivesse informações que entrasse em contato.

A jornalista sumiu após sair de casa na madrugada de quarta-feira (6) no bairro Sagrada Família, também em Belo Horizonte. O irmão de Natália, Gustavo Henrique Araújo Santos, disse ao jornal O Tempo que ela saiu da residência sem dizer nada à família.

Natália morava na residência com o irmão e o pai deles. "Ela deixou uma carta pedindo para rezarem por ela. Estamos muito preocupados", disse Gustavo ao jornal na ocasião do desaparecimento.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Variedades

+ Variedades