Câncer infantil tem 80% de cura se houver tratamento precoce

Por Portal do Holanda

23/11/2021 14h33 — em Saúde e Bem-estar

Foto: Reprodução/Unsplash

Dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA) apontam que o câncer já representa a primeira causa de morte por doença entre crianças e adolescentes de 1 a 19 anos, no Brasil. O câncer infantil é uma doença que afeta os glóbulos brancos (leucemia), ou sistema nervoso central e linfomas (sistema linfático) do organismo.

O Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantil é lembrado neste 23 de novembro para reforçar a importância do diagnóstico precoce para salvar vidas. A leucemia é o tipo mais comum de câncer em crianças, seguido de tumores do sistema nervoso central e linfomas.

De acordo com a oncologista Paula Marinho Carvalho, é preciso que pais e responsáveis estejam atentos para os sinais da doença. “Os principais sintomas do câncer infantil são febres sem motivo, gânglios aumentados pelo corpo, aumento do tamanho da barriga, mancha branca no olho, dor nos ossos, perda de peso sem explicação, dor de cabeça que dura muito tempo, manchas roxas pelo corpo que não tem relação com trauma, palidez com piora progressiva, cansaço sem causa e sangramentos espontâneos”.

Os cânceres em crianças e adolescentes são considerados mais agressivos porque podem se desenvolver rapidamente. Por outro lado, os pacientes infantis respondem melhor ao tratamento e as chances de cura são maiores, se comparado com o público adulto.

Hoje, em torno de 80% das crianças e adolescentes acometidos de câncer podem ser curados, se diagnosticados precocemente e tratados em centros especializados. A maioria deles terá boa qualidade de vida após o tratamento adequado.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Saúde e Bem-estar