Siga o Portal do Holanda

Naja não é nativa no Brasil

Família importa soro para salvar vida de estudante picado por Naja

Publicado

em

Foto: Arquivo pessoal Foto: Arquivo pessoal
Foto: Arquivo pessoal

A família do estudante de veterinária Pedro Henrique Santos Krambeck Lehmkul importou doses de soro antiofídico dos EUA para tentar salvar a vida do jovem de 22, que foi picado pela cobra Naja que criava em casa. O caso aconteceu no Distrito Federal.

O soro é raro no Brasil já que a cobra não é nativa no país e as únicas duas doses estavam no Instituto Butantan, em São Paulo. Os médicos enviaram as doses disponíveis para o tratamento de Pedro, mas não foi suficiente.

O estudante de veterinária está em coma em estado grave.

A Naja é uma das serpentes mais venenosas do mundo e segundo o Ibama não há registro da entrada legal dessa espécie no Distrito Federal. A suspeita é de que a cobra tenha sido alvo de tráfico internacional de animais.

Segundo a polícia, a cobra que é bastante agressiva estava tranquila no momento da captura e aparentava ser bem cuidada.


Últimas notícias

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.