Caso Henry: Defesa pede liberdade de casal e suspensão de investigações

Por Portal do Holanda

11/04/2021 7h07 — em Brasil

Jarinho e Monique foram presos - Foto: Reprodução Record

Os advogados do casal Dr. Jairinho e Monique Medeiros tentam  a todo custo reverter a prisão deles e transferir o andamento das investigações para outra delegacia. Para isso, eles entraram com pedido de habeas corpus e pedem a suspensão dos trabalhos policiais até que se obtenha uma resposta da Justiça.

A defesa tenta negociar prisão domiciliar ao invés de temporária e pede o adiamento da simulação da morte do menino Henry Borel, 4. Ela alega que não há provas sólidas contra os clientes e que não está tendo acesso ao detalhes do processo. O juiz de plantão, Paulo Roberto Jangutta, por sua vez, negou o pedido referente à prisão e informou que a simulação do crime já foi realizada e será levada em consideração.

Ele explica que a urgência na reprodução se deu uma vez que, se trata da morte de uma criança indefesa e de um caso de ampla repercussão.

Sobre a solicitação de transferir o caso da 16ª delegacia policial do Rio de Janeiro para a Delegacia de Homicídios, o magistrado diz ainda que não há possibilidade disso acontecer, pois a delegacia local onde foi registrado o caso tem total competência para seguir com as investigações.

Com as negativas, os advogados aguardam agora apenas a posição do  presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, sobre o pedido de soltura ou prisão domiciliar do vereador expulso do partido e da mãe de Henry.

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil