Após chamar impeachment de ‘golpe’, Evo Morales é recebido por Temer

Por Agência O Globo - Portal do Holanda

05/12/2017 11h12 — em Brasil

BRASÍLIA — O presidente da Bolívia, Evo Morales, foi recebido no Palácio do Planalto pelo presidente Michel Temer, nesta terça-feira, durante visita oficial ao Brasil. No ano passado, o presidente da Bolívia fez duras críticas ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, que levou Temer ao governo, e chamou o processo de "golpe".

Cerca de 20% das exportações bolivianas são para o Brasil, e o intercâmbio bilateral alcançou US$ 2,8 bilhões no ano passado. Em 2019, perderá a validade o acordo atual de compra de gás da Bolívia. Os bolivianos tem defendido, desde 2015, a antecipação da renovação do acordo. Há o temor de que a exploração do pré-sal no Brasil faça a parceria perder importância.

A visita , em ambas ocasiões devivo a internações do presidente Temer.

Em 31 de agosto do ano passado, , assim como os mandatários de Equador, Venezuela e Argentina. O embaixador boliviano no Brasil foi chamado de volta ao país para dar explicações.