Avião desaparecido há 37 anos aterrissa como se nada tivesse acontecido

Por Portal do Holanda

08/05/2021 10h31 — em Bizarro

Foto: Divulgação

Essa história do avião encontrado após 37 anos foi contada e recontada como um fato extraordinário. E teria começado com o pedido de autorização de pouso de uma aeronave que não estava nos mapas de voos.

O avião seria um 914 da companhia aérea Pan-América (Pan-Am), que teria decolado em 22 de julho de 1955 e desaparecido dos radares completamente. Nunca mais se teve notícia de onde ele estaria, até que no dia 21 de maio de 1992, uma solicitação de pouso acidentalmente em Caracas, na Venezuela, trouxe a aeronave de volta.

O contato com o piloto teria sido feito por Juan de la Corte, causando perturbação diante da incrível constatação de ser o voo desaparecido. Por ser de avião antigo, não foi possível detectar no radar e quando Corte perguntou para o piloto os detalhes do avião, ele respondeu tratar-se de um 914 com 4 tripulantes e 57 passageiros cujo destino era Miami.

Corte então perguntou se o piloto estava perdido, pois aquele aeroporto era em Caracas. Mesmo assim, o pouso aconteceu no aeroporto, quando confirmou a informação do local do pouso ao comandante e sua tripulação.

Foi aí que o comandante afirmou um “oh meu Deus”, enquanto a lista de passageiros e tripulantes confirmaria o fato extraordinário: eram os mesmos que tinham embarcado em 1955 e todos estavam como se tivessem embarcado naquele ano.

SUSTO

Mas o inusitado continuou a acontecer. Logo que estava se iniciando a retirada dos passageiros, o piloto fez um sinal para que parassem e não se aproximassem mais. E avisou que “estamos indo de novo”.

Foi possível ver a expressão de susto da tripulação dentro da aeronave e na pressa de sair, o piloto deixou um calendário do ano de 1955 cair, após ter consultado diante da afirmação do pessoal do aeroporto, cair.

A aeronave então decolou de novo e nunca mais voltou.

Uma prova para essa história seria a gravação entre o piloto da aeronave e Juan de la Corte e o calendário datado de 1955 que foram dados às autoridades. E o exemplar do calendário que havia sido consultado pelo comandante.

Anos depois, descobriu-se que a fonte original do caso foi um tabloide que publicava textos satíricos.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Bizarro