Tradicional batalha campal de pedradas na Índia deixa feridos

Por Portal do Holanda

09/09/2021 9h22 — em Curiosidades

Uma espécie de batalha campal organizada em forma de celebração ocorre anualmente na região de Devidhura, em Uttrakhand, na Índia. Conforme a tradição, os participantes jogam pedras uns nos outros e, como não poderia deixar de ser, dezenas de pessoas ficam gravemente feridas.

O nome da batalha é Bagwal, que significa “luta de pedras”. As regras para participar são simples, antes de começar, os dois grupos tomam posições e coletam pedras. O outro, porta uma espécie de escudos gigantes com os quais procuram se resguardar.

Na verdade, a batalha reúne quatro clãs e o objetivo é atingir o maior dano possível aos rivais, portanto, quanto mais ferimentos sangrentos, melhor. A batalha tem origem numa lenda cuja deusa indiana Barahi teria feito um trato com os humanos para livrá-los dos invasores demoníacos em troca de um sacrifício em forma de sangue.

De acordo com o Oditty Central, a cidade de Devidhura foi invadida uma vez por demônios e incapazes de se defenderem da ameaça por si mesmos, os quatro clãs locais rezaram a Barahi para que lhes salvasse a vida. A deusa aceitou ajudá-los com a condição de que fizessem um sacrifício humano a cada ano, motivo pelo qual os clãs se revezaram para sacrificar um dos seus.

No entanto, algo ocorreu em um ano que modificou a tradição. Quando chegou o momento de que um dos clãs devia sacrificar uma criança em honra a Barahi, a avó do menino rezou à deusa para que o perdoasse. A deusa ouviu a oração e ofereceu aos clãs uma alternativa: a cada ano, no dia de Rakhi, os membros dos quatro clãs deveriam trocar pedradas entre si e o sangue derramado no processo substituiria o sacrifício humano.

BATALHA

Na última batalha campal indiana, em agosto deste ano de 2021, pelo menos 77 feridos foram registrados. Ocorrida no último mês de agosto, nem mesmo a Covid-19 impediu a realização do festival que teve a duração de sete minutos e deixou esse número de feridos que precisou de atendimento médico.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Curiosidades