Siga o Portal do Holanda

Outro ficou ferido no rosto

Durante confronto, cabo do Exército cai em rio e tem costas dilaceradas por hélice de barco

Publicado

em

Foto: Divulgação/Exército Brasileiro Foto: Divulgação/Exército Brasileiro
Foto: Divulgação/Exército Brasileiro

Um cabo do Exército Brasileiro, ficou gravemente ao ter as costas cortada e perfurada pela hélice de um barco durante um confronto com garimpeiros rio Uraricoera, região da Terra Indígena Yanomami, em Roraima. Outro militar também foi ferido no rosto na ação.

O acidente ocorreu no sábado (11), mas são foi divulgado no início desta semana. Segundo a instituição, as vítimas estavam em dois barcos e tentaram abordar outras três embarcações de garimpeiros que tentavam furar a fiscalização do Exército na região.

Assim que perceberam a aproximação dos oficiais, os garimpeiros lançaram varas de madeira na direção deles, atingindo um no rosto. Em seguida, os suspeitos teriam acelerado os barcos e batido intencionalmente contra os transporte da infantaria.

O atrito provocou a queda do cabo bem em cima da hélice da embarcação dos garimpeiros. Ao cair, sofreu um perfuração grave e profunda e vários cortes nas costas. As vítimas foram socorridas e levadas de helicóptero para um hospital de Boa Vista.

O soldado ferido nas costas  teve que ser submetido a uma cirurgia de urgência e segue internado na unidade. O estado de saúde dele é estável até o momento. O colega dele foi medicado e passa bem.

Os garimpeiros aproveitaram a preocupação dos militares com as vítimas para fugir, eles estão sendo procurados. A área indígena tem sido alvo de constantes invasões de grupo de exploradores, recentemente, 15 foram presos no trecho e ainda assim, parecem não terem se intimidado.




Ordem para Polícia fazer uso de recursos letais estimula desejo de matar

Já leu estas ?

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.