MP pede que TCU investigue suposta omissão na fiscalização do garimpo ilegal no Amazonas

Por Portal do Holanda

27/11/2021 15h22 — em Amazonas

Foto: Pedro Braga Jr. / Portal do Holanda

Após mais de 15 dias de exploração de ouro ilegal no Rio Madeira, em Autazes, no Amazonas, os garimpeiros fugiram do local, e nenhuma operação de combate aconteceu. Com a possibilidade de omissão dos órgãos federais de fiscalização, o Ministério Público de Contas (MPC) acionou o Tribunal de Contas da União (TCU) para investigar a demora na ação.

Centenas de embarcações com dragas, que cavam o fundo do rio, sugam o material para filtrar o ouro e jorram a água de volta, foram vistas atracadas na comunidade do Rosário.

Foto: Pedro Braga Jr. / Portal do Holanda

Os garimpeiros se dispersaram na quinta-feira (25) e na sexta-feira (26), após as imagens repercutirem na imprensa e o governo prometer uma ação de combate ao garimpo ilegal.

O MPC pediu que a apuração seja voltada para a atuação da Polícia Federal e da Marinha do Brasil, já que a região que foi explorada é de jurisdição dos órgãos.

Foto: Pedro Braga Jr. / Portal do Holanda

O governador do Amazonas, Wilson Lima, também solicitou o apoio da Força Nacional de Segurança para combate ao garimpo ilegal, nesta sexta-feira (26). O Ministério da Justiça confirmou que enviará os agentes, mas não informou quando.

Mesmo com a dispersão das embarcações da comunidade do Rosário, algumas balsas e dragas foram vistas no leito do rio, entre as cidades de Autazes e Borba.

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas