Iranduba fica mais de 13h sem oxigênio e moradores relatam mortes

Por Portal do Holanda

16/01/2021 17h15 — em Amazonas

Foto: Reprodução/Instagram

Manaus/AM - Apesar do governador Wilson Lima ter posado para fotos e vídeos às 3h da madrugada deste sábado (16), recebendo uma carga de 70 mil metros cúbicos de oxigênio do Pará, o Amazonas continua com pacientes morrendo nas unidades de saúde por falta de oxigênio. 

Neste sábado, moradores do município de Iranduba, relataram que o Hospital Hilda Freire estava há mais de 12 horas sem oxigênio. Uma hora depois, ou seja, quando completaram-se 13h sem a substância, ouvia-se o rumor de que chegariam alguns cilindros no local.

De acordo com eles, o oxigênio acabou por volta 23h30 da noite da sexta-feira, permanecendo sem os gases hospitalares até o final da tarde do sábado. Até manhã deste sábado, a informação era de que 5 pessoas morreram pela falta do gás. 

Uma das moradoras que está se mobilizando para ajudar, Izis Aniê, afirmou que a Secretaria de Saúde do Amazonas (SES-AM) não falou a verdade ao dizer que havia abastecido o hospital, já que os cilindros estavam vazios. 

“Temos cilindros, temos dinheiro, mas não conseguimos achar local para recarregar. Sabemos que Manaus está recebendo doações de oxigênio de vários lugares do Brasil. Pedimos, clamamos, imploramos, que possam destinar uma pequena parte ao Hospital Hilda Freire, em Iranduba. Nossa demanda não é tão grande como na capital, mas aqui também são vidas. Diferente de outros municípios do Amazonas, a logística para Iranduba é mais fácil.

Autoridades competentes, organizações civis e a quem puder, olhem por Iranduba! Nossos cilindros estão vazios, os meninos (integrantes da ação solidária no município) estão na fila na Carboxi, mas sem nenhuma certeza de recarga, e as pessoas continuam morrendo por falta de oxigênio”.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas