Auxílio estadual de R$ 200 do ‘Apoio ao Cidadão’ depende do CadÚnico, diz Seas

Por Portal do Holanda

20/04/2020 11h14 — em Coronavírus

Cartão de R$ 200 é para compra de alimentos e produtos de higiene - Foto: Bruno Zanardo/Secom AM

Manaus/AM – O governo estadual emitiu, neste domingo, dia 19, nota de esclarecimento sobre os 50 mil cartões que serão entregues pelo programa estadual ‘Apoio ao Cidadão’, sendo 25 mil na capital e 25 no interior. A nota diz respeito à origem dos dados usados para gerar os cartões que foram extraídos do CadÚnico.

Emitida pela Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas), a nota informa que a lista com nomes dos beneficiários do Programa “Apoio Cidadão” foi gerada a partir dos dados do Cadastro Único (CadÚnico), plataforma que reúne os perfis de cidadãos e famílias em situação de vulnerabilidade em todo o Brasil. O CadÚnico é a porta de entrada para que Governo Federal, Estados e municípios concedam qualquer benefício às pessoas em situação de vulnerabilidade.”

Conforme o documento, “cabe aos municípios atualizar esta base de dados. alimentando o sistema com informações apuradas e checadas para evitar inconsistências. Dessa forma, a Seas informa que o beneficiário que está na lista e cujo perfil de renda não se enquadre mais na situação de extrema pobreza, não poderá fazer uso do benefício, sob pena de ter que ressarcir o recurso aos cofres públicos.”

“Os municípios têm, ainda, autonomia para analisar e filtrar quais pessoas são realmente elegíveis ao benefício, conforme perfil de situação de extrema pobreza. A Seas também informa que está discutindo com secretarias municipais a melhor forma de atender as famílias que precisarão de atualização no cadastro”, finaliza a nota do governo.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Coronavírus