Siga o Portal do Holanda

Brasil

Polícia prende sétimo suspeito envolvido em decapitação de adolescente

Publicado

em

CPI da Seduc revela racha na base do governo e pânico na Assembleia


O sétimo e último suspeito de participar da decapitação do adolescente Israel Mello Júnior, de 16 anos, em fevereiro de 2016, foi preso na quarta-feira (31) em Joinville, no Norte de Santa Catarina, quase sete meses após o crime. O homem de 27 anos estava escondido em um barraco em um local de difícil acesso.

Na época, os envolvidos chegaram a gravar um vídeo da ação e o divulgaram nas redes sociais.

O suspeito estava dormindo quando foi encontrado pela polícia. O homem também era foragido por um homicídio cometido em 2015.

A Polícia Civil entregou o inquérito ao MP em 20 de maio e indiciou sete pessoas por homicídio qualificado e ocultação de cadáver, segundo o delegado Dirceu Augusto Silveira Júnior. Dez dias depois, Ministério Público entregou à Justiça a denúncia contra sete pessoas. Em 30 de maio, seis já estavam presos.

Além desses crimes, o MP os denunciou por destruição de cadáver, já que somente a cabeça do jovem foi encontrada, e vilipêndio de cadáver, pois na filmagem do crime houve humilhação da vítima morta. O MP também apontou formação de quadrilha armada.

Duas jovens foram utilizadas como "isca" para atrair a vítima ao local do crime. De acordo com o MP, os suspeitos usaram os celulares delas para mandar mensagens ao adolescente com um convite para uma festa. Os sete vão responder também por sequestro e cárcere privado das duas garotas.

Crime

A cabeça do adolescente foi encontrada no dia 2 de fevereiro dentro de uma sacola em uma esquina do bairro Jardim Paraíso. Em 10 de maio, a polícia encontrou o local onde a vítima foi decapitada.

Um vídeo que mostra a decapitação do adolescente foi fundamental para a identificação do local, de acordo com o delegado Wanderson Alves Joana. A gravação feita pelos criminosos foi parar nas redes sociais e acabou anexada ao inquérito policial.

Quando a polícia foi até o local do crime, foi encontrado um machado, que teria sido usado na decapitação, e um lençol, usado para amarrar a vítima.

 



Já leu estas ?

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.