Siga o Portal do Holanda

Brasil

Após concluir que Adélio agiu sozinho em ataque a Bolsonaro, MPF pede arquivamento de inquérito

Publicado

em

O Ministério Público Federal (MPF), em Juiz de Fora, pediu nesta quinta-feira (2), pelo arquivamento provisório do 2º inquérito que apura o atentado contra Jair Bolsonaro, ocorrido em 6 de setembro de 2018, quando ele ainda era candidato à presidência.

De acordo com o grupo Globo, o procurador da República, Marcelo Medina, foi quem enviou a manifestação ao juiz da 3ª Vara Federal de Juiz de Fora, Bruno de Souza Savino, que é quem vai decidir sobre o arquivamento do caso.

De acordo com o parecer do MPF, Adélio planejou e executou sozinho o atentado. Ainda de acordo com o órgão, Adélio já estava em Juiz de Fora quando o ato de campanha de Bolsonaro foi marcado e portanto, não se deslocou de cidade para cometer o crime. Além disso, ele não tinha contatos com pessoas que pudessem ter influência sobre o atentado nem recebeu ligações ou mensagens relacionadas ao crime.


Já leu estas ?

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.