Entenda como será a ordem de pagamento do Auxílio Emergencial

Por Portal do Holanda

08/04/2020 6h05 — em Coronavírus

Foto: Marcello Casal / EBC

O aplicativo do auxílio emergencial foi lançado na terça-feira (8) e já possui milhões de pessoas inscritas. Veja como será o calendário de pagamento emergencial segundo o R7:

Dia 9 de abril, nesta quinta-feira

- Para pessoas que estão no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família e têm conta no Banco do Brasil ou poupança na Caixa Econômica Federal.

Dia 14 de abril, terça-feira da semana que vem 

- Pessoas que estão no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família e não têm conta nesses bancos.

Em 5 cinco dias úteis, após inscrição pelo aplicativo

- Trabalhadores informais que não estão no Cadastro Único e que devem se inscrever pelo aplicativo lançado pela Caixa.

Últimos 10 dias últeis de abril

- Beneficiários do Bolsa Família, seguindo o calendário regular do programa nos últimos 10 dias últeis do mês.

Quando será feito o pagamento da segunda parcela:

Entre 27 e 30 de abril

- Pessoas que estão no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família e trabalhadores informais inscritos no programa de auxílio emergencial. Na seguinte ordem:

- os nascidos em janeiro, fevereiro e março receberão em 27 de abril
- os nascidos em abril, maio e junho receberão em 28 de abril
- os nascidos em julho, agosto e setembro receberão o benefício em 29 de abril
- os nascidos em outubro, novembro e dezembro receberão em 30 de abril

- Beneficiários do Bolsa Família: últimos 10 dias úteis de maio, seguindo o calendário regular do programa.

Quando será feito o pagamento da terceira parcela:

Entre 26 e 29 de maio

- Pessoas que estão no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família e trabalhadores informais inscritos no programa de auxílio emergencial, na seguinte ordem: 

- os nascidos em janeiro, fevereiro e março receberão em 26 de maio
- os nascidos em abril, maio e junho receberão em 27 de maio
- os nascidos em julho, agosto e setembro receberão em 28 de maio
- os nascidos em outubro, novembro e dezembro receberão em 29 de maio

Últimos 10 dias úteis de junho

- Beneficiários do Bolsa Família, seguindo o calendário regular do programa

Como funciona o aplicativo?

Já está disponível para ser baixado o aplicativo para celulares que vai ser usado para cadastramento de informais do programa.

O aplicativo, chamado Auxílio Emergencial, está disponível nas lojas virtuais e pode ser baixado gratuitamente. Além disso, o cadastramento poderá ser feito mesmo que o usuário não tenha crédito no celular. Além do aplicativo, será possível fazer o cadastramento pelo computador.

O aplicativo deve ser usado pelos trabalhadores que forem microempreendedores individuais (MEIs), trabalhadores informais sem registro e contribuintes individuais do INSS.

Aqueles que já recebem o Bolsa Família, ou que estão inscritos no Cadastro Único, não precisam se inscrever pelo aplicativo. O pagamento será feito automaticamente.

A Caixa também disponibilizou o telefone 111 para tirar dúvidas dos trabalhadores sobre o auxílio emergencial. Não será possível se inscrever pelo telefone, apenas tirar dúvidas.

Como vai funcionar a conta digital gratuita?

A Caixa vai abrir contas digitais gratuitas para os trabalhadores beneficiados pelo auxílio que não tenham conta bancária atualmente.

De acordo com a instituição, a conta digital vai ainda permitir que os beneficiários façam pagamentos de contas de consumo e também transferências gratuitamente.

Eles só poderão sacar o benefício em um segundo momento, de acordo com calendário que ainda vai ser divulgado pelo governo. Até lá, o dinheiro será creditado na conta e poderá ser usado para fazer transações digitais, como pagamentos e transferências.

Quem já tiver conta em outro banco poderá receber o auxílio por meio dessa conta e não precisa fazer a conta digital da Caixa.