Siga o Portal do Holanda

Brasil

MPF pede que pastor Valdemiro Santiago pague indenização por prometer cura da Covid-19

Publicado

em

Foto: Reprodução/Youtube Foto: Reprodução/Youtube
Foto: Reprodução/Youtube

O Ministério Público Federal (MPF) ajuizou ação civil pública contra o líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, pastor Valdemiro Santiago, pela venda de sementes de feijão com a falsa promessa de cura contra a Covid-19. Na ação, é pedida uma indenização de R$ 300 mil por danos sociais e coletivos que teriam sido causados pela prática.

Em maio, o pastor divulgou um vídeo em seu canal no Youtube e garantiu que ao plantar os feijões as pessoas seriam curadas da doença. Os preços das sementes variavam de R$ 100 a R$ 1 mil, conforme informações divulgadas pelo site UOL.

Na ação, o Ministério Público afirma que Santiago abusou da fé das pessoas para conseguir dinheiro. “No contexto em que foram proferidas as declarações resta evidente a prática abusiva da liberdade religiosa, na medida que incentiva os supostos fiéis ou interessados na aquisição das sementes de feijão, na crença de estarem curados, inclusive com o objetivo de angariar recursos financeiros dos fiéis”.

Veja Também

+ Brasil

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.