Mais forte que aço, teia de aranha intriga cientistas

Por Portal do Holanda

24/05/2021 9h33 — em Curiosidades

Foto: Divulgação / espécie vive em Madagascar


Formada por um tipo de proteína que se origina no abdome da Caerostris darwini ou “aranha-da-casca-de-darwin”, o tecido produzido pelas aranhas, que formam as teias, tem características e especificidades capazes de surpreender qualquer pessoa.

 

Muitos cientistas tentam replicar as propriedades desses fios, cuja resistência do fio é considerada espetacular, pois é cerca de 5 vezes mais forte que o aço e duas vezes mais resistente que o Kevlar, uma fibra sintética de arame usada em coletes à prova de bala.

Mas as especificidades desse tecido não ficam só nisso. Os fios, que são 30 vezes mais finos que um cabelo humano, podem ser esticados em até 30% de seu comprimento sem quebrar.

A teia, que é o conjunto de fios de seda produzidos pela aranha para sua sobrevivência, é composta de minúsculos fios de seda, produzidos por glândulas que estão no abdomem da aranha, denominadas fiandeiras.

As aranhas podem ter sete tipos de glândulas, destinadas a produzir tipos variados de fio de seda, cada um com propósitos diferentes.

Há fios produzidos para encapsular presas (oriundos das glândulas aciniformes), fios para construir os casulos (glândulas tubuliformes), fios para formar a estrutura da teia (glândulas ampoladas), entre outros.

No total, existem quatro tipos básicos de teia produzidas para refúgio,  cópula, para muda (algumas aranhas trocam de esqueleto) e para  captura. Este último tipo é o mais visto porque geralmente é feito em locais abertos, com circulação frequente de outros insetos.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Curiosidades