Alcolumbre desconfia que teve celular hackeado após aprovação do projeto contra fake news

Por Portal do Holanda

16/07/2020 10h51 — em Brasil

Foto: Reprodução

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), disse que enviará seu celular para análise da polícia legislativa, órgão responsável pela segurança no Congresso. Ele relatou que desconfia de invasão digital no telefone, que teria começado após o Senado ter aprovado o projeto contra as fake news.

Segundo um site de notícias do Globo, durante a sessão desta quinta-feira (15), Alcolumbre afirmou que o celular apresentou problemas nos últimos dias e que, em determinado momento, apareceu na tela uma mensagem com diversos caracteres desconexos.

"Eu tive um problema, eu peço desculpas a vários senadores que estão me ligando. Eu tive um problema no meu aparelho. Houve uma pane. Eu acho, eu desconfio, que foi em função da nossa votação aqui da fake news. Desde aquele dia, apareceram alguns problemas", afirmou o senador.

Ele revelou que desde o fim da semana passada não consegue usar o telefone com regularidade, porque a rede está oscilando.

"Desde sexta-feira, a minha rede no celular entra e sai. Eu passei sábado e o domingo sem aparelho. Quando eu transferi na segunda-feira para outro aparelho, entrou uma mensagem: 'iPhone morto' e cheio de caracteres na mensagem. Eu bloqueei de novo, tive que transferir para outro. Então, eu estou há praticamente quatro dias, mais ou menos, com o celular avariado. E estou encaminhando para a Polícia Legislativa para ver se detecta algum problema, no meu celular, de ordem externa", contou Alcolumbre.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil