Compartilhe este texto

​Militares matam PM: duas versões, um caso só

Por Portal do Holanda

26/08/2015 10h25 — em
Policial



Manaus/AM - O cabo da polícia militar Jancicley Stone de Souza foi morto com pelo menos 15 tiros na noite da última terça-feira (25), na Estrada do Tarumã, bairro de nome homônimo, zona Oeste de Manaus. O caso gerou polêmica porque os suspeitos de terem atirado contra o militar são PMs da Força Tática, que teriam alvejado a vítima após resistência a uma abordagem policial. Por outro lado, a família, também composta por militares, alega que o homem foi assassinado friamente e acusa os policiais do grupamento de ter cometido o crime sem motivos agravantes.

>>> CENAS FORTES: CLIQUE SOMENTE SE NÃO TIVER RESTRIÇÃO <<<

Segundo o tenente Renato Bentes, supervisor de área da Força Tática durante da última noite, os motoqueiros estavam em patrulhamento na área do Tarumã quando avistaram a Toyota Hilux SW4 Stribus conduzida pela vítima saindo de um ramal conhecido por ser a rota de criminosos. O que aumentou a desconfiança dos PMs teria sido a ausência de placas no veículo. Bentes informou que as motocicletas tentaram fazer a abordagem com sinais luminosos e sonoros porém o cabo Stone recusou-se a parar. Então começou uma perseguição e num trecho o cabo teria disparado contra os policiais, que revidaram. A vítima estava munida de uma pistola 59, que comporta 20 munições. Após ser baleado, o homem perdeu o controle do veículo e capotou com a Toyota Hilux SW4 Stribus, próximo à ponte improvisada do Exército. 



Amigos da vítima que estiveram no local logo após a ocorrência teriam dito aos policiais que o homem tinha passado a tarde num flutuante do Tarumã bebendo com amigos, porém essa informação só poderá ser confirmada quando o resultado do exame de alcoolemia sair.
  Versão da família

Esta versão é contestada pela família. De acordo com o irmão da vítima, o oficial da Polícia Militar já aposentado, capitão Stone, o irmão não teria parado à abordagem policial porque os PMs não teriam emitido sinal algum, nem sonoro ou mesmo visual. Sobre esse assunto os militares da Força Tática fizeram um vídeo minutos depois na delegacia, mostrando que não havia nada de errado com as viaturas.

>>> CENAS FORTES: CLIQUE SOMENTE SE NÃO TIVER RESTRIÇÃO <<<

Outra coisa que teria causado mais estranheza por parte da vítima seria o fato dele trabalhar constantemente com dinheiro. De acordo com a família, o rapaz estava com uma quantia não revelada, que supostamente teria sumido após o crime.

A família também alega que as motos da Força Tática usadas nessa abordagem têm as placas frias. De fato houve a confirmação dessa versão quando consultadas as placas junto ao sistema do Sinesp. Uma das placas aponta como se o veículo fosse um Gol.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Policial

+ Policial