TCE suspende pregão da prefeitura diante de "fundado receio de grave lesão ao erário "

TCE suspende pregão da prefeitura diante de "fundado receio de grave lesão ao erário "

Por

02/04/2012 19h36 — em Manaus

Manaus - O conselheiro Júlio Cabral  deferiu liminarmente medida cautelar suspendendo o processo licitatório deflagrado no inicio do ano destinado a contratação de empresas para prestar serviço de limpeza e conservação das unidades escolares de Manaus.

A ação foi movida pela Conserge - servições gerais -  insatisfeita com o resultado do pregão, que envolve recursos da ordem de R$ 55 milhões em 12 meses.

" Defiro  a medida cautelar para fim de suspender o processo licitatório. Determino a oitiva de Williams dos Santos, pregoeiro do referido processo para, no prazo improrrogável de dez dias teis, prunciar-se nos autos", diz o conselheiro Júlio Cabral.


Ele acrescenta que há fundado receio de grave lesão  ao  erário e ao interesse público,
 

NULL

+ Manaus