Professores da rede estadual da zona leste são capacitados no Avançar Professores da rede estadual da zona leste são capacitados no Avançar

Professores da rede estadual da zona leste são capacitados no Avançar

Por

12/03/2012 17h41 — em Manaus

Com índice elevado de distorção idade-série, em torno de 23%, os alunos da rede estadual de ensino na zona leste de Manaus têm atenção diferenciada do Governo do Estado com o programa Avançar. Nesta segunda-feira, 211 professores recém-concursados pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc) receberam treinamento para o programa, que atende estudantes da Educação Infantil (a partir do 2º ano do 2º ciclo) até o 9º ano do Ensino Fundamental, na faixa etária de 9 a 18 anos, que não estão cursando a série educacional compatível com a idade.

O programa é dividido em quatro fases de ensino. As fases 1 e 2 são para estudantes da Educação Infantil, a partir do 2º ano do 2º Ciclo (antiga terceira série) acima da idade adequada para cursar a série. A terceira fase é para os estudantes com idade inadequada cursando entre o 6º e o 8º ano do Ensino Fundamental e a quarta fase é dedicada aos matriculados no 7º e 8º anos.

Segundo Maria de Fátima Freitas, coordenadora adjunta pedagógica do Distrito 5 da Seduc, que compreende as escolas da zona leste da capital, o programa Avançar aposta em uma metodologia diferenciada com foco no desempenho e autoestima do estudante. A grande curricular das séries é trabalhada de forma unificada para que não haja prejuízo ao aluno. “A carga horária e o conteúdo permanecem os mesmos, mas são trabalhados de forma diferenciada pelos professores para um aprendizado significativo que contribua para os alunos atingirem as competências e habilidades de cada fase. Focamos bastante na autoestima do aluno”, disse.

Neste ano, explicou Maria de Fátima, o programa alcançará as fases sequenciais. “Pela experiência positiva nas fases 1 e 2, em que alcançamos bons resultados, esse ano faremos a grande experiência com as fases sequenciais. É um desafio muito grande e nós daremos todo o suporte necessários aos professores para que a gente consiga repetir o êxito”, frisou.

NULL

+ Manaus