Siga o Portal do Holanda

Manaus

Omar assina ordem de serviço da avenida das Flores

Publicado

em

Por

Manaus - O Governador Omar Aziz assinou, na manhã desta quinta-feira, 27 de setembro, a ordem de serviço para o início da obra da avenida das Flores. A nova via, que terá 11,1 quilômetros de extensão, vai dar prolongamento à avenida Governador José Lindoso (avenida das Torres), partindo da avenida Timbiras, na Cidade Nova, zona norte,  até a rodovia AM- 010.

De acordo com o governador, a avenida das Flores  está inserida no contexto de outras obras do projeto de mobilidade urbana do Governo do Estado, que inclui a construção de um anel viário, ligando o Distrito Industrial à Torquato Tapajós. “São alternativas viárias que estamos criando para que se possa ter um fluxo melhor de veículos na cidade”, afirmou.

Durante o evento que simbolizou o início da obra, realizado na rua Fênix, na cidade Nova 1, local conhecido como Baixada Flumeinese, o governador explicou que o nome avenida das Flores é uma sugestão da presidente do Fundo de Promoção Social, a primeira-dama do Estado, Nejmi, Jomaa Aziz, e justifica-se pelo projeto urbanístico diferenciado. “Nós vamos fazer um projeto urbanístico, no qual desde o primeiro momento que for construída, a via terá árvores e um tratamento diferente. Será uma avenida muito urbanizada, com muitas flores, onde as pessoas terão prazer de andar por ela”.

Presente no evento, Nejmi Aziz disse que a avenida das Flores não será apenas uma obra de concreto. "Não vai ser somente uma obra de concreto e asfalto. Vai ser uma avenida humanizada em que vamos procurar colocar flores regionais para deixar bem colorido o local, assim como será mais uma opção de passeio para as pessoas fazerem todo tipo de exercício físico, em um local harmonioso", frisou a primeira-dama.

O governador disse que pretende entregar a obra até o final de seu governo, em 2014. O investimento total é de R$ 221,7 milhões, com recursos do Orçamento Geral da União, financiamento da Caixa Econômica Federal e contrapartida do Governo do Estado. O projeto da avenida das Flores é dividido em três trechos de obras, sendo que os trechos  3 e 4, serão construídos primeiro, iniciando com a ordem de serviço dada na manhã desta quinta-feira pelo governador.

O trecho 3 parte do Terminal de Integração 3 (T3), na avenida Noel Notels, e se estende em linha reta até o Igarapé do Passarinho. No trecho 4, a obra continua o traçado e cruza as avenidas Margarita, no Nova Cidade, e Sete de Maio, no Santa Etelvina, e se interliga a AM-010, com saída nas proximidades do quilômetro 22, após o aterro sanitário. 

O trecho 2, que sai do cruzamento da avenida das Torres com a Timbiras e vai até a avenida Noel Nutels, próximo ao T3, ainda está sendo licitado. “É um trecho onde se tem uma área de preservação. Nós tivemos que fazer todo um trabalho visando as questões ambientais para que não tivéssemos problemas com o meio ambiente”, disse Omar Aziz. 

O governador chamou atenção para que o próximo prefeito ou prefeita também criem soluções para a questão de mobilidade urbana. Ele citou como exemplo a saída da avenida das Torres, próximo ao viaduto do Coroado, onde o trânsito fica complicado no horário de pico.

Outras obras – O governador previu que até dia 30 de setembro o projeto do anel viário estará pronto para ser apresentado à presidenta Dilma Rousseff, que vai viabilizar a obra. O anel viário liga o Distrito Industrial à avenida Torquato Tapajós e duplicará a estrada do Tarumã, entre o aeroporto internacional Eduardo Gomes e a Torquato, tirando de circulação das vias principais de Manaus o transporte de cargas.

Além da construção da avenida das Flores e do anel viário na capital, o governador anunciou várias obras de infraestrutura para o interior, incluindo a construção de cinco aeroportos e urbanização das cidades que tiveram o asfalto prejudicada com as cheias, além de várias estradas ligando municípios do interior. 
 

NULL

+ Manaus

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.