Em desabafo emocionante, Mirtes revela detalhes dos últimos momentos de vida do filho Miguel

Por Portal do Holanda

05/06/2020 10h59 — em Policial

A empregada doméstica Mirtes Renata, que perdeu o filho Miguel e apenas  5 anos , nessa quinta-feira (4), fez um desabafo emocionante sobre os últimos momentos do filho.

Em entrevista a um jornal da Rede Globos, ela contou detalhes dos últimos momentos de vida do menino que morreu ao cair do 9º andar do prédio onde ela trabalhava:

“Eu viu meu filho ali estirado no chão, eu peguei ele devagarinho e virei ele e disse: Meu amor, meu amor respira, a mamãe tá aqui, não deixa a mamãe (…) Eu toquei nele aqui e ainda  estava tendo pulsações, ele respirava, mas ele não piscava, ele só olhava fixo”.

Mirtes conta que o menino foi socorrido por um médico que também morava no prédio, mas morreu minutos depois de chegar no hospital:

“Eu pedi a Jesus pra tirar a minha vida e dar a ele, para ele permanecer vivo porque ele era a minha razão de viver”, lamentou.

A mãe de Miguel contou que deixou o filho com a patroa por alguns minutos enquanto ia levar os cachorros da família para passear e quando voltou se deparou com a tragédia.

Nas imagens do circuito interno de segurança do prédio de luxo, Sari Corte Real, primeira-dama e chefe de Mirtes, aparece não só deixando que Miguel entre no elevador como também aperta o botão que fecha a porta e leva a criança até o andar de onde ela despencou enquanto procurava a mãe.

Para Renata, a mulher contribuiu para a tragédia e não pode ficar impune:

"Sari, eu amo teus filhos como se fossem meus. No único minuto que eu confiei meu filho a você deixou meu filho naquela situação. Por quê? Ela disse, 'não, eu não apertei o botão do elevador, vou provar a você'. Só ficou dizendo que ia provar a mim que não apertou. Ela pode provar o que for, que apertou, que não apertou, mas ela deixou meu filho dentro do elevador. Ela deixou meu filho em risco”, desabafou durante a entrevista.

Sari chegou a ser detida por homicídio culposo, mas foi liberada após pagar fiança no valor de R$ 20 mil.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Policial