Advogados do marido de Tatiane Sptizner questionam laudo pericial: 'teria morrido duas vezes'

Por Portal do Holanda

21/10/2018 8h24 — em Policial

Foto: Reprodução Facebook

Os advogados de defesa de Luís Felipe Manvailer, acusado de matar a própria esposa, Tatiane Spitzner, tentam derrubar a acusação do Ministério Público contra o professor.

Segundo eles, a denúncia formulada pelo órgão, tem como base o laudo pericial que apresenta divergências quanto a causa da morte.

Um dos questionamentos da defesa é que o laudo foi inconclusivo e “mata” Tatiane pelo menos duas vezes, uma por esganadura e outra por politraumatismo, causado pela queda.

Para os advogados, o laudo não é confiável e se baseia apenas em hipóteses que são acrescentadas e descartadas conforme a interpretação do MP.

Além disso eles pedem que as conversas entre Spitzner e as amigas via WhatsApp que foram inseridas no processo, sejam retiradas, pois os prints foram apresentado fora de ordem e de contexto, para incriminar Luís Felipe. O professor alega inocência no caso.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Policial