Cime é inaugurado em Manaus com 1,6 mil vagas para o ano letivo de 2021

Por Portal do Holanda

02/12/2020 21h46 — em Manaus

Arthur Neto - Foto: Divulgação

Manaus/AM - Dentro do padrão de “escola do futuro”, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, inaugurou nesta quarta-feira (2), o Centro Integrado Municipal de Educação (Cime) Senador Artur Virgílio do Carmo Ribeiro Filho, no bairro Gilberto Mestrinho, zona Leste. A unidade vai ser integrada à rede municipal e está pronta para receber 1,6 mil alunos no ano letivo de 2021, para os ensinos infantil e fundamental.

Na ocasião, o prefeito Arthur Neto, que estava acompanhado da presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, do neto, Arthur Virgílio Meireles do Carmo Ribeiro, que representou a família do homenageado, além da secretária municipal de Educação, Kátia Schweickardt, destacou que os Cimes são estruturas modernas, que reforçam mais ainda os avanços obtidos na área da Educação, nos últimos oito anos.

A secretária da Semed ressaltou que os investimentos na estrutura física da rede de ensino são a coroação do trabalho desenvolvido ao longo dos últimos oito anos e que mudou a relação das pessoas com a educação. “Fizemos um trabalho de qualidade e as obras são a materialização disso, qualidade na organização da gestão e na reestruturação pedagógica da rede municipal. Nós construímos essas metas e conseguimos mudar o modo de nos relacionarmos com a sociedade. Manaus, atualmente, sabe o que é a qualidade da aprendizagem”, destacou Kátia Schweickardt.

 

Homenagem

O Cime recebeu esse nome em homenagem ao senador amazonense Artur Virgílio do Carmo Ribeiro Filho, pai do prefeito e filho do desembargador Artur Virgílio do Carmo Ribeiro e Luiza da Conceição do Carmo Ribeiro. Ele exerceu cargos executivos no governo do Amazonas, foi deputado federal e senador de República, mandato que não chegou a cumprir, porque foi cassado pelo regime militar. Foi anistiado dez anos depois.

O prefeito se emocionou ao falar do pai, que teve grande influência na política nacional, apesar de ter encerrado, prematuramente, sua carreira. “Ele liderou, junto ao Almino Afonso, uma obstrução ao orçamento, que só foi encerrada quando os recursos foram aprovados para fazer a eletrificação de Manaus e, posteriormente, um projeto dele aprovado criou a Universidade do Amazonas, hoje Universidade Federal do Amazonas (Ufam). Antes disso, Manaus era uma exportadora de cérebro, as pessoas iam estudar em outros Estados e por lá ficavam”, relembrou o prefeito.

 

Cimes

Com uma estrutura padrão e inovadora, pensado para uma educação do século 21, o Cime é a fusão da educação infantil e ensino fundamental em um só local, e dispõe de 576 vagas para alunos da educação infantil e 1.024 para o ensino fundamental. O centro conta com 12 salas de aula em cada prédio, salas de música, leitura, multiuso, informática, vestiários masculino e feminino, brinquedoteca, jardins e espaços compartilhados, como a quadra de esporte coberta e auditório. O prédio do ensino fundamental é de dois andares, mas oferece uma plataforma elevatória para pessoas com dificuldades de locomoção.


+ Manaus