Compartilhe este texto

Coqueluche: doença volta a ter alta de casos no Brasil

Por Portal Do Holanda

11/06/2024 14h29 — em
Brasil


Foto: Divulgação

A doença coqueluche voltou a apresentar alta de casos no Brasil, principalmente em São Paulo, que até o final de maio registrou cerca de 32 casos da enfermidade. Conforme especialistas, a baixa cobertura vacinal pode ser o motivo do aumento dos casos.

"A cada 5 anos é esperado esse retorno. Gostaríamos que o aumento não ocorresse, mas um dos fatores para esse crescimento é justamente esse comportamento do patógeno, que funciona como um ciclo de transmissão. E a outra causa é a baixa cobertura vacinal que cria um bolsão de pessoas suscetíveis que contrai e transmite a doença", explica José Cerbino Neto, infectologista e pesquisador do Instituto Nacional de Infectologia (INI/Fiocruz) e consultor científico do Richet/Rede D’Or.

Chamada de “tosse comprida”, a coqueluche é uma doença infecciosa aguda de transmissão respiratória, causada pela bactéria Bordetella pertussis. Ocorre principalmente em crianças e bebês menores de um ano de idade.

A vacina pentavalente (difteria, tétano, pertussis, hepatite B recombinante e Haemophilus influenzae B conjugada) é oferecida gratuitamente no Sistema Único de Saúde (SUS) aos dois, quatro e seis meses de vida. Além disso, mais dois reforços com a vacina DTP (difteria, tétano e pertussis), conhecida também como tríplice bacteriana infantil, são indicados aos 15 meses e aos 4 anos.

Transmissão e sintomas

A coqueluche é considerada uma das doenças mais transmissíveis que existem, juntamente com o sarampo. Ela é transmitida pelo contato com gotículas de pessoas contaminadas. A melhor forma de prevenir é a vacinação.

 


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Brasil

+ Brasil