'Bolsonaro queria alterar bula da cloroquina', revela Mandetta

Por Portal do Holanda

04/05/2021 14h51 — em Brasil

Bolsonaro defende uso da cloroquina - Imagem: Reprodução/Redes Sociais/ TV Senado

Mandetta afirmou durante depoimento da CPI da Covid, nesta terça-feira (4), que o presidente Bolsonaro queria que a Anvisa alterasse a bula da cloroquina para que o mesmo fosse indicado no tratamento do coronavírus. 

Ele contou que viu uma minuta de documento da Presidência da República sobre a alteração e que o presidente Jair Bolsonaro parecia ouvir "outras fontes" contrárias ao Ministério da Saúde.

O pedido foi negado pelo presidente da Agência. "Eu estive dentro do Palácio do Planalto quando fui informado, após uma reunião, que era para eu subir para o terceiro andar porque tinha lá uma reunião com vários ministros e médicos que iam propor esse negócio de cloroquina, que eu nunca tinha conhecido. Quer dizer, ele tinha esse assessoramento paralelo", contou o ex-ministro.

"Nesse dia, havia sobre a mesa, por exemplo, um papel não timbrado de um decreto presidencial para que fosse sugerido daquela reunião que se mudasse a bula da cloroquina na Anvisa, colocando na bula a indicação da cloroquina para coronavírus. E foi inclusive o próprio presidente da Anvisa, Barra Torres, que disse não". 

Vale lembrar que o medicamento não tem eficácia comprovada contra o vírus. Mesmo assim, o presidente sempre defendeu o uso da cloroquina. 

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil