​PM suspeito de duplo homicídio pode se entregar a qualquer momento

Por Portal do Holanda

08/08/2015 9h36 — em Policial

Manaus/AM - O soldado da Polícia Militar do Amazonas William da Silva Mendes pode se entregar a qualquer momento na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). É o que afirmam fontes da Associação dos Praças do Estado do Amazonas (Apeam). O militar teria entrado em contato com os advogados da entidade no mesmo dia que cometeu o crime. Segundo o informado, ele se entregaria às autoridades no dia seguinte, porém isso não aconteceu.

Um novo contato com os advogados da associação aconteceu na última sexta-feira (7). Dessa vez o soldado compareceria à DEHS acompanhado da equipe jurídica da Apeam ainda ontem, porém novamente isso não aconteceu.

Um novo encontro está marcado para hoje e o PM é aguardado na sede da Apeam para comparecer à DEHS espontaneamente. Relembre o caso

William matou seu pai e o vizinho na última quarta-feira (5) com a arma da corporação. Segundo relatos, ele havia discutido com seu pai, Antenor Tavares Mendes, 60, que estaria no momento agredindo sua mãe, o que causou a revolta do militar. 

A segunda vítima da fúria do PM foi o empresário Sérgio Ferreira da Silva, 51, que era vizinho do soldado. O homem teria passado pela rua no momento que ouviu os disparos de arma de fogo e queria saber o que havia acontecido. Ele também foi alvejado a tiros por William.