Siga o Portal do Holanda

Policial

Militar que matou pai e vizinho continua foragido

Publicado

em

Manaus/AM - O soldado da Polícia Militar William da Silva Mendes permanece foragido após cometer o duplo homicídio que vitimou seu próprio pai e vizinho na noite da última quarta-feira (5). Desde que cometeu o crime o homem não foi mais visto. Ele fugiu com a arma do crime.

As informações a respeito do caso ainda estão desencontradas. Todos os dados desse fato se baseia no relato de testemunhas e pessoas que conheciam as partes envolvidas.

Uma das versões dão conta de que o pai do PM, Antenor Tavares Mendes, 60, era um homem agressivo com sua família e estaria momentos antes do crime agredindo sua esposa por estar supostamente alcoolizado. Esse mesmo relato informa que o militar ficou irritado com a situação e partiu pra cima do idoso, desferindo um disparo de arma de fogo na perna dele no intuito de imobilizá-lo, no entanto o tiro teria atingido a artéria femural, que resultou na morte de Antenor.
Em seguida, ao sair da casa, William teria se deparado com o vizinho, o empresário Sérgio Ferreira da Silva, 51, que ouviu o disparo e foi ver o que havia acontecido. O soldado irritado teria perguntado o que ele estava olhando e em seguida atirou contra o homem, que foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), porém morreu no SPA da Redenção. O filho dele, Sérgio Ferreira da Silva Jr, também foi atingido ao socorrer o pai e está internado em estado grave no HPS 28 de Agosto.

A história permanece com o mistério acerca da real causa da fúria do policial militar, pois somente ele poderá dizer o que realmente aconteceu na noite passada.

O Comando da Polícia Militar do Amazonas emitiu uma nota no fim da tarde para falar sobre o caso. Acompanhe na íntegra os dizeres:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Polícia Militar do Amazonas informa que o fato envolvendo o SD PM William da Silva Mendes, lotado na 5ª CICOM – Companhia Interativa Comunitária, onde duas pessoas vieram a óbito depois de uma suposta discussão familiar, que esta adotando através da Diretoria de Justiça e Disciplina – DJD os procedimentos quanto à instauração de Processo Administrativo Disciplinar para avaliar sua conduta, que no final poderá concluir por sua permanência ou não nas fileiras da Policia Militar. 

Como no dia da ocorrência o Policial Militar estava de folga, cabe a investigação criminal à Policia Civil. 
Em consulta ao histórico funcional do militar, o SD PM William da Silva Mendes, serve a corporação há 04 anos, sem apresentar desvio de conduta, com vários elogios em sua ficha pessoal e sempre apresentou um bom comportamento tanto na condução de seu trabalho como no relacionamento com seus pares.

+ Policial

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.