Um dos suspeitos de matar e arrancar seio de jovem é preso no Amazonas

Por Portal do Holanda

06/03/2020 20h34 — em Policial

Manaus/AM - Wellington Farias Costa, de 36 anos, foi preso em cumprimento de mandado de prisão preventiva, por equipes de investigação da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) e da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Manacapuru. Ele é investigado pela participação no homicídio de uma jovem identificada como Sarah Beatriz Rufino, que tinha 22 anos. 

O crime ocorreu na noite do dia 23 de novembro de 2019, às 19h30, no ramal Nova Canaã, situado no quilômetro 41, da rodovia federal BR-174. O trabalho da polícia continua para localizar o outro suspeito, Erickson, que continua foragido.

De acordo com a delegada Marília Campelo, adjunta da DEHS, que conduziu as investigações em torno do caso, Beatriz e o namorado estavam em uma festa em que também estavam Wellington e o irmão dele, identificado como Erickson Farias Costa. No local houve uma discussão porque os irmãos queriam dinheiro para comprar entorpecentes.

O casal saiu do sítio onde acontecia a festa e começou a ser perseguido pela dupla. “Eles (Wellington e Erickson) conseguiram detê-los e matar Sarah a facadas. Já Elias, namorado dela, conseguiu sobreviver. Eles retiraram um pedaço do seio da vítima. Ele disse que estava embriagado”, explicou.


Erickson continua foragido.

 O delegado titular da DEHS, Paulo Martins, afirmou que o suspeito preso confessou o crime. “Ele acabou de confessar para nós que realmente foi ele e o irmão que cometeram o crime”, disse Martins.

A ordem judicial em nome de Wellington foi expedida no dia 28 de novembro de 2019, pelo juiz Yuri Caminha Jorge, do Plantão Criminal. O homem foi preso em Manacapuru (município distante 68 quilômetros em linha reta da capital). Wellington foi indiciado por homicídio.