Siga o Portal do Holanda

Amazonas

Sob protesto de promotor, jornalistas do Diário ficam livres de processo movido pela filha de Braga

Publicado

em

Por

Manaus ( Portal do Holanda)  -A jornalista Paula Littaif e o fotógrafo Arlesson Sicsu, do Diário do Amazonas, foram beneficiados pelo decurso de prazo - a justiça não agiu em tempo hábil - e deixam de responder  a processo no qual eram acusados de   invadir  a  empresa Parintins Participações,de propriedade da filha do senador Eduardo Braga, Brenda Braga, no dia 26 de setembro de 2008. Videos comprovariam a tentativa de invasão.


O promotor Daniel Leite Brito, que deu parecer pelo arquivamento dos autos, critica a morosidade da justiça:

"Cumpre destacar que é lamentável o decurso injustificável do lapso temporal para apreciação dos fatos, principalmente em virtude do parquet ter requerido diligências em 23-09-2009 e stas sõ terem sido cumpridas no ano de 2012. Ora, incidentes como esse refletem no descrédito e na falácia da Justiça, escopor basilar do Estado democrático de direito. "

A suposta invasão ocorreu durante uma acirrada briga entre o jornal e o então governador Eduardo Braga e na esteira do escândalo que ficou conhecido como "Caso Renata", no qual Braga era acusado de ser sócio de um compadre, Ney Barros, em negõcios de combustivel entre o estado e uma rede de postos privado.

 
 De acordo com depoimento da funcionária da Parintins Participações,  Alzenira Gonçalves dos Santos, os  dois jornalistas para conseguirem entrar no Edifício Millennium, mentiram na portaria afirmando que iriam a sala 1602, no 16ªandar, e se dirigiram a sala 1601, da empresa

NULL

+ Amazonas

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.