Lúcia cobra investimentos no IML

Lúcia cobra investimentos no IML

Por

27/02/2012 12h36 — em Manaus

A vereadora Lucia Antony (PCdoB) anunciou, nesta segunda-feira (27), que apresentará uma indicação ao Governo Estadual para que faça investimentos no sentido de humanizar os serviços do Instituto Médico Legal (IML), em particular, no que se refere aos exames de corpo delito. A iniciativa foi motivada pelo grande número de reclamações que a parlamentar tem recebido de que mulheres vítimas de violência tem passado por constrangimentos quando vão se submeter a exames para constatar as agressões sofridas. “As mulheres, ao fazerem exame de corpo delito, têm passado por mais uma violência porque encontram um instituto que está totalmente degradado e sem condições de atendê-las de forma humanizada”, denunciou a líder do PCdoB.

Preocupada com o crescente aumento da violência contra mulher em Manaus, Lucia Antony cobrou providências do Poder Público para ampliar as ações de proteção às mulheres, sugerindo a ampliação da rede de enfretamento à violência feminina e a criação de mais delegacias especializadas em crimes contra a mulher, em especial, na Zona Norte da cidade. Para a vereadora, o governo precisa ter um olhar mais criterioso, pois há subnotificações no número de casos de agressões.  “A violência contra a mãe é a propulsora de toda a violência que ocorre dentro de casa. Quando a auto estima da mãe está baixa por causa da violência, ela rebaixa a auto estima de toda a familia, refletindo de forma negativa nos filhos, inclusive, levando-os a entrar no mundo das drogas”, declarou.
 

NULL

+ Manaus