Construtora atrasa obra em estádio e é notificada

Por

18/10/2012 18h19 — em Manaus

A Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra) informou que a Construtora Metro Quadrado, responsável pela obra do Estádio Floro Mendonça, em Itacoatiara, foi notificada em razão do atraso verificado na entrega daquela praça esportiva.


 De acordo com a Seinfra, embora os problemas encontrados no decorrer da obra, como o solo inadequado, que obrigou a realização de novas prospecções e o redimensionamento das estacas em termos de material utilizado e profundidade, a readequação dos vestiários e ainda a linha de alta tensão muito próxima da arquibancada, tenham sido a causa justificada pela empresa para o atraso, a secretária de Infraestrutura, engenheira Waldívia Alencar, destacou que todos esses problemas já foram superados.

 Waldívia Alencar disse que, com a superação desses obstáculos, não há porque continuar atrasando a entrega do estádio que é a principal arena esportiva de Itacoatiara, local de treinamento da equipe do Penarol, representante do município no Campeonato Amazonense e orgulho dos esportistas itacoatiarenses.

 Preocupada com o atraso na conclusão do Floro Mendonça, a secretária cobrou um relatório completo sobre o estágio da obra e informou que, além da notificação da Metro Quadrado, outras medidas estão sendo estudadas pela Seinfra para garantir que não haja mais nenhum atraso e para que a obra seja entregue antes do próximo campeonato, permitindo que o Penarol realize seus jogos em Itacoatiara, com o apoio de sua torcida.

 Segundo Waldívia Alencar, a aplicação de multas ou mesmo o distrato, ou seja, o rompimento do contrato, não estão descartados. “A decisão de tomar essas medidas extremas demonstra o respeito e o carinho que temos pelo torcedor itacoatiarense”, ponderou a titular da Seinfra.

 A capacidade do Floro Mendonça, que comportava apenas quatro mil torcedores antes da reforma, passará a receber 10 mil pessoas de acordo com o projeto em execução.

 

NULL