Audiência pública sobre situação dos haitianos

Por

24/02/2012 14h20 — em Manaus

 

 Às 10h da próxima segunda-feira (27), os deputados estaduais José Ricardo Wendling (PT), Luiz Castro (PPS) e Marcelo Ramos (PSB) promovem Audiência Pública para discutir sobre a situação dos haitianos no Amazonas. O debate acontece no plenário da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam).

Existem hoje em Manaus, aproximadamente cinco mil haitianos, que buscam uma vida melhor, fugindo da miséria e da fome do seu País. Para José Ricardo, felizmente, a Igreja Católica, por meio da Pastoral do Migrante, tem recebido esses irmãos haitianos, conseguindo com muito sacrifício doações de outras igrejas e de pessoas amigas, além de locais para moradia provisória, alimentos e água, como também oportunidades de trabalho.

“Mas a ausência de um posiocionamento concreto dos governos federal, estadual e municipal preocupa não somente a população, mas também deixa os migrantes haitianos numa situação de abandono”, declarou o deputado, ressaltando que o Brasil assumiu, por meio da Organização das Nações Unidas (ONU), a coordenação dos trabalhos de transição política e de reconstrução do Haiti.

Ele acredita que essa Audiência Pública pode ajudar a encontrar soluções mais concretas para a situação dos haitianos que se encontram no Estado. Para isso, foram convidados a participarem do debate, dentre outros órgãos e entidades: Ministério da Justiça, Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Ministério Público do Trabalho no Amazonas, Secretaria Nacional de Direitos Humanos da Presidência da República, Secretaria de Estado da Assistência Social e Cidadania (Seas), Secretaria de Estado da segurança Pública (SSP), Secretaria de Estado da Saúde (Susam), Secretaria de Estado de Planejamento (Seplan), Superintendência da Polícia Federal, Pastoral do Migrante, Paróquia São Geraldo, Área Missionária Sagrada Família e Casas de Apoio aos Haitianos dos Bairros.

NULL