Siga o Portal do Holanda

Duas rodas

Produção de motos deve crescer 6,1% no Polo Industrial de Manaus

Publicado

em

O segmento espera aumento de 5,8% no varejo de motocicletas - Foto: Divulgação/Honda O segmento espera aumento de 5,8% no varejo de motocicletas - Foto: Divulgação/Honda
O segmento espera aumento de 5,8% no varejo de motocicletas - Foto: Divulgação/Honda

Manaus/AM - A Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo) prevê a produção de 1.175.000 motocicletas neste ano, o que representa aumento de 6,1% ante 2019, quando foram licenciadas 1.107.758 unidades. 

As fábricas de motocicletas e as montadoras de bicicletas se concentram no Polo Industrial de Manaus (PIM) com incentivos fiscais garantidos pela Zona Franca de Manaus (ZFM).

A Abraciclo, que representa 98% das fabricantes desse tipo de veículo, estima queda de 27,5% nas exportações, com as vendas passando de 38.614 para 28 mil unidades. O índice é melhor do que o registrado na comparação de 2018 com 2019, de - 45,3%.

Segundo o presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian, o que explica a diminuição nas exportações é o cenário "de deterioração" da economia de países que já se consolidaram como consumidores das motocicletas brasileiras, com destaque para a Argentina. Diante das circunstâncias que enfrenta atualmente, a Argentina registrou no fim do ano passado redução de 60% no volume de motocicletas importadas do Brasil. Já as remessas para os Estados Unidos, segundo maior mercado, tiveram expansão de 25,5%. O Brasil ocupa a oitava posição no ranking mundial de produtores.

A Abraciclo informou também que o segmento espera aumento de 5,8% no varejo de motocicletas. O percentual se aproxima do estimado para o atacado, que é de 5,7%. Os indicadores ficam bem abaixo das marcas de 2019, que foram, respectivamente, de 14,6% e 13,2%.

"A maior parte da produção [de 2019] realmente foi para mercado interno", afirmou Fermanian. A frota nacional de motocicletas totaliza 28 milhões de unidades.

Fermanian disse que os níveis atingidos no ano passado "encorajam a ter uma visão mais otimista para 2020", mas ressaltou que não se pode garantir que a realidade corresponda aos prognósticos de desempenho. "A gente não tem um cenário, uma expectativa de, por exemplo, quanto o País vai crescer, quais serão as reformas implantadas. Tudo isso ainda nos remete a um cenário de certa incerteza", afirmou. "Pelo menos, um patamar de 6% de crescimento já é bastante significativo.”

Fonte: Agência Brasil

Sobre os motins de policiais militares

Já leu estas ?

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.