Siga o Portal do Holanda

Maus Caminhos

Mouhamad recebe nova condenação a 11 anos de prisão no Amazonas

Publicado

em

Foto: Reprodução

Manaus/AM - A juíza Ana Paula Serizawa, da 4ª Vara Criminal da Justiça Federal no Amazonas, emitiu uma nova condenação de 11 anos e 8 meses de prisão ao empresário Mouhamad Moustafá, em um dos processos da Maus Caminhos. Dessa vez, a sentença se dá devido a desvios de recursos públicos em contrato superfaturado da empresa D’Flores, que prestava serviços de lavanderia à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Campos Sales, entre os anos de 2015 e 2016. 

A empresária Priscila Marcolino Coutinho, o empresário Davi Flores e a enfermeira Jennifer Yochabel também foram condenados com penas somadas de 28 anos de prisão. A sentença foi dada no dia 12 de julho pela juíza federal. O valor do contrato superfaturado era de R$ 458,3 mil. Devido a esses desvios, Mouhamad terá de devolver R$ 1,6 milhão aos cofres públicos e os demais terão de devolver mais de R$ 520 mil. 

É possível 'queimar a rosca sem sentir dor’ ? Carlos Bolsonaro diz que sim

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.