Compartilhe este texto

Familiares pedem justiça por motorista de ambulância que morreu atropelado em Manaus

Por Portal do Holanda

25/06/2022 16h40 — em
Manaus


foto: Caio Guarlotte / Portal do Holanda

Manaus/AM - Familiares e amigos do motorista de ambulância Francisco Cavalcante, 49, morto após ser atropelado em Manaus, foram às ruas neste sábado (25) para protestar e pedir justiça pela morte do homem, no Largo São Sebastião, no centro da capital. 

 

 

A mãe do motorista, Ana Cavalcante, lamentou a dor da perda. "É horrível. É uma dor muito grande que tão cedo não vai passar, essa dor que estou sentido. Toda a família, da esposa dele também, que está dando todo o apoio, todo mundo sente muito. Estamos todos sem chão", disse. 

 

 

Francisco deixou filho e esposa. "Nós convivemos mais de 20 anos juntos e temos um filho de 17 anos. Não quero ter muita lembrança daquele momento, pois foi trágico, quando fui acordada com a mensagem no meu celular, uma chamada via whatsapp do parceiro dele, que estava no momento do acidente, me dando a notícia. É muito doloroso pra mim", contou Ellen Assam, esposa do motorista. 

"Ele sempre me mandava todos os dias 'bom dia meu amor', esse era o jeito que ele me tratava, quero ter essa lembrança dele. Mas também não quero me calar, pois estou indignada, a família toda está indignada, nós queremos justiça", disse, "Agora vou ter que ser pai e mãe". 

Ellem Assam /  esposa da vítima / Foto: Caio Guarlotte / Portal do HolandaO irmão de Francisco, Sérgio Augusto Cavalcante, falou sobre a perda. "Já faz sete dias da morte do meu irmão, nós da família estamos aqui fazendo essa reunião para pedir que as autoridades amazonenses tenham compaixão pela nossa família. Meu irmão era um rapaz honesto, trabalhador, educado, ele não tinha vícios e nenhuma passagem pela polícia. Meu irmão foi julgado e executado sem nenhuma defesa", disse Sérgio. 

O suspeito de atropelar Francisco, teve liberdade provisória concedida pela Justiça na última segunda (20), com fiança no valor de 20 salários mínimos. Conforme documento da decisão, a justiça alegou que ‘não há perigo em sua soltura, uma vez que ele não apresenta ameaça à continuidade do processo’.

"Esse rapaz que não sabemos o estado que ele estava, mas ele assassinou meu irmão, ele levou os sonhos de uma pessoa boa, deixou os filhos em luto, a mãe, os irmãos, pra mim ele era meu irmão-pai e a gente só quer justiça", afirmou Sérgio. "Não sei se ele [suspeito de atropelar Francisco] tinha bebido, tomado remédio ou drogas, ninguém sabe. Mas a gente pede justiça, que esse rapaz pague pelo o que fez", acrescentou. 



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Manaus

+ Manaus