Manaus : "Ninguém me ama, ninguém me quer"

Por

06/12/2013 22h17 — em Editorial

Manaus nunca foi tão divulgada. Agora todos querem conhecer essa cidade, no meio da Amazônia, "com calor de 50 graus", segundo o brasileiro Carlos Alberto Parreira.  Essa cidade do fim do mundo vai receber quatro jogos da elite do futebol mundial - inglaterra, Estados Unidos , Itália, Suiça , Portugal  e Camarões vão estar aqui, a contragosto. Os primeiros terão o calor tropical e a torcida contra eles. O técnico inglês Roy Hodgson e o norte-americano André Plihal, podem lamentar a escolha de Manaus como sede. Têm pouca  informação sobre clima e temperatura, querem preservar seus times, acostumados a, no máximo, 25 graus, mas o brasileiro Parreira  não pode superdimensionar essa queixa, ao dizer que foi um equivoco a escolha da cidade como sede, "por sua temperatura de 45-50 graus". Mas onde, Parreira ?

A polêmica revela, antes de tudo, preconceito com a região. A Amazônia, tão cobiçada e tão "protegida"por ambientalistas, na verdade é um pedaço de terra renegado pelos próprios brasileiros, como Parreira, que peca mais ainda por reconhecer o isolamento da cidade, a infraestrutura precária e, portanto, a necessidade de romper esse isolamento. Sediar jogos da Copa 2014 é "vender" Manaus  e a região para o mundo.

 Os brasileiro que residem aqui não são menos brasileiros do que aqueles que, como Parreira, moram no sul-sudeste. Não é o clima que separa os brasileiros. É a ignorância de muitos parreiras....


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.