Mãe de Kimberly Mota desabafa: ‘Conquistou nossa família e matou minha filha’

Por Portal do Holanda

13/05/2020 11h38 — em Policial

Manaus/AM - Neila Mota, mãe da Miss Manicoré Kimberly Mota, 22, assassinada na capital, conversou com a equipe do Portal do Holanda e falou sobre a rotina da filha e sobre o andamento das buscas pelo suspeito do crime, Rafael Fernandez.

A mãe conta que fez o último contato com a filha no dia do crime, no último domingo (10, quando ela desejou Feliz Dia das Mães e pediu que ela enviasse uma foto das duas juntas.

Neila conta ainda que o ex-namorado de Kimberly também chegou a ligar para ela no mesmo dia para lhe dar as felicitações.

A mulher conta que conheceu Rafael e que a família o achou uma boa pessoa, mas algum tempo depois Kimberly contou à mãe que o namorado era muito ciumento e que isso a incomodava bastante.

“Eu falei: Rafael você tem que aprender a ficar com ela, porque a Kimberly é muito carismática”, disse.

No tempo em que namorou o servidor público,  a miss chegou a conhecer o pai de Rafael, mas cerca de três meses depois a miss revelou à Neila que havia encerrado o namoro:

“Ela falou que eles tinham terminado e que agora eram apenas amigos”, afirmou.

A família jamais imaginava que o jovem teria coragem de matar a ex-namorada.Neiva está revoltada com a morte de Kimberly e diz que espera que a justiça seja feita:

“Se eu encontrasse com ele eu perguntaria por que ele fez isso com ela. Ele acabou com os sonhos dela, acabou com tudo, mas eu vou lutar por justiça. Ele conquistou a nossa família e olha o que ele fez? Ele matou ela."

Consternada, a mãe diz que a filha estudava e morava no Paraguai e havia voltado para Manaus há pouco tempo, quando iniciou o relacionamento com Rafael.

Ele segue foragido, mas a polícia já descobriu que ele deixou o Amazonas e teria entrado no estado de Roraima na manhã de ontem.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Policial