Siga o Portal do Holanda

entenda

Ministro Gilmar Mendes concede prisão domiciliar de Queiroz e esposa

Publicado

em

Foto: Reprodução Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, decidiu nesta sexta-feira (14) pela prisão domiciliar do ex-assessor Fabrício Queiroz e de sua mulher, Márcia Aguiar. As informações são do Sistema Globo.

Fabrício Queiroz foi preso no dia 18 de junho na casa de Frederick Wassef, então advogado do senador Flávio Bolsonaro, na cidade de Atibaia, em São Paulo. Ele é suspeito de participar de um esquema de "rachadinhas", no antigo gabinete do filho do presidente Bolsonaro, na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). Após a prisão, o presidente do STJ, João Otávio de Noronha, aceitou o pedido da defesa de Queiroz pela conversão da prisão preventiva em domiciliar e ainda beneficiou Márcia Queiroz, na época estava foragida. 

No entanto, o relator do habeas corpus, Felix Fischer, derrubou a decisão do presidente do STJ, nesta quinta-feira (13).  Ele apontou que o casal já teria articulado para impedir a produção de provas, destruição e adulteração delas nas investigações. Mas, Gilmar Mendes concedeu o habeas corpus e determinou a prisão domiciliar do casal.

+ Brasil

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.