Siga o Portal do Holanda

Bizarro

Homem simula a própria morte e revela plano macabro da esposa

Publicado

em

Foto: Divulgação Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Ramon Sosa, de 50 anos, descobriu que Lulu, sua esposa, havia contratado um "matador" profissional por US$ 1.500 (cerca de R$ 6.100) para acabar com a sua vida. Mas os planos da mulher deram bem errado para ela. O caso aconteceu em Houston, Texas, nos Estados Unidos.

Acontece que quem indicou o assassino de aluguel foi um homem identificado como Gustavo - que Lulu não sabia, mas ele e o seu marido eram amigos. 

Gustavo, então, colocou um microfone escondido para conversar com Lulu, revelando o plano macabro de matar o marido. O áudio foi levado à polícia, mas foi considerado insuficiente.

A polícia orientou Ramon a simular sua própria morte nas mãos do assassino - que nesse caso foi um policial disfarçado - , e chegou a usar maquiagem simulando sangue, feita pelos agentes dos Texas Rangers. 

O policial disfarçado levou a foto do marido "morto" até Lulu, que pagou o valor pelo serviço e foi presa em flagrante. Lulu foi condenada a 20 anos de prisão. 

O caso aconteceu em 2015, mas nesta quarta-feira (11), Ramon voltou a falar sobre o assunto ao The Sun: "Quando descobri, fiquei muito irado, triste e confuso. Um misto de emoções, todas elas se enfrentando para ver qual seria a dominante. Eu ainda tinha que viver sob o mesmo teto com a pessoa que estava planejando a minha morte", contou.

"Aquela foto reflete uma das coisas mais difíceis que fiz em toda a minha vida. Ainda me lembro daquilo em que eu estava pensando quando posei para aquela foto: meus filhos e meus pais", lamentou.

PF investiga denúncia de fraudes em documentos envolvendo funcionários do governo do Amazonas

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.