Crença diz que pênis gigante de monge pode curar impotência; veja

Por Portal do Holanda

17/08/2020 11h59 — em Bizarro

Foto: Reprodução

Existe uma lenda que divide opiniões e é tão surpreendente quanto: a de que Grigori Rasputin, conselheiro e monge místico, tenha tido seu pênis de 28,5 centímetros arrancado. O órgão sexual, atribuído a ele, está no museu do Erotismo, em São Petersburgo, na Rússia.

Segundo o IG,  fundador do museu e também chefe do centro de pesquisa de próstata da Academia Russa de Ciências Naturais, o urologista Igor Knyazkin, é autêntico e foi adquirido por 8 mil dólares de um antiquário na França que guardava ainda possíveis documentos redigidos pelo monge.

Além de grande, o pênis seria místico: o fundador contou que há quem acredite que se olhar o membro por alguns minutos, pode ser curado da importância sexual.

Foto: Wikimmedia commons

História do monge

Segundo o site aventuras na história, as aventuras sexuais do monge do Império Russo resultaram na sua castração. Mas além de sua fama com mulheres, a profecia de sua morte ficou marcada na história: Antes de sua morte, ele disse que seria assassinado antes do final do ano de 1916. Se fosse por seus irmãos, os camponeses, tudo estaria bem, se fosse por nobres aristocratas (“os seus”, como ele se referiu ao governante), os filhos do Imperador estariam mortos em dois anos.

Rasputin foi assassinado em emboscada feita por nobres russos em dezembro de 1916, e em 1918 toda a família Romanov foi brutalmente executada pelos revolucionários bolcheviques.

+ Bizarro