Entenda a participação dos filhos de Flordelis na morte de Anderson Carmo

Por Portal do Holanda

24/08/2020 8h38 — em Policial

Foto: Reprodução TV Globo

A Operação Lucas 12 prendeu cinco filhos e uma neta da deputada Flordelis por envolvimento no assassinato do marido dela, o pastor Anderson do Carmo, na manhã dessa segunda-feira (24). Para a polícia, eles foram induzidos pela mãe a participarem do crime e cada um teve seu papel:

- Simone dos Santos, filha biológica: foi responsável pelos envenenamentos;

- Marzy Teixeira, filha adotiva: também ajudou a envenenar o pastor e convenceu Lucas a participar do assassinato;

- Carlos Ubiraci filho adotivo: auxiliou no planejamento do crime;

- André Luiz de Oliveira, filho adotivo: combinou o envenenamento com Flordelis, ele é filho adotivo e ex-marido de Simone, filha biológica da deputada. Os dois trocaram mensagens sobre o plano;

- Adriano dos Santos, filho biológico: ajudou na falsificação da carta de confissão de Lucas;
Rayane dos Santos, neta: procurou assassinos em tentativas anteriores.

As investigações  concluíram que o crime estaria sendo planejado desde 2018 e passou, antes, por quatro tentativas de envenenamento. Consumado no dia 16 de junho do ano passado, o assassinato foi executado pelo Flávio, com a ajuda de Lucas, que teve a missão de conseguir a arma do crime com o dinheiro que teria sido entregue pela própria mãe.

O delegado que acompanhou as prisões na casa de Flordelis conta que todos foram pegos de surpresa e que ela chorou no momento em que viu a família ser algemada e levada para a delegacia.

A neta de Flor foi a única a ser presa em Brasília. Ela estava no apartamento funcional da parlamentar, de onde os policiais saíram levando vários malotes com documentos e aparelhos eletrônicos após cumprirem mandados de busca e apreensão.

Os demais filhos foram presos na casa de Pedotiba, Camboinhas e Guaratiba.